sábado, 26 de abril de 2008

A decisão

Sabe o que acho fodástico nisso tudo? É tu ter a certeza de que tem que fazer uma coisa e a "porra" do teu coração não deixar...

Tá, o blog é meu (na verdade meu e da Fê)... então dane-se... vou escrever aqui... lembrando sempre que nomes e lugares serão alterados né (afinal, temos q preservar os seres).
Vai ficar meio grande, mas pra entenderem vou ter que contar desde o início....

Há um tempo atrás, eu amava de paixão uma guria (vamos chamar ela de Amanda)... Amava mais que tudo na vida... tinha um elo com ela incrível... sentia até quando ela tava mal... Passamos muitas coisas juntas... pra se ter uma idéia, a mãe dela nos pegou (pegou literalmente, ñ tinha como disfarçar). Depois contou pra minha mãe que, por sua vez, se tivesse uma arma em casa teria se matado...
Mas mesmo assim, e apesar de todas as dificuldades, ficamos juntas (escondido). Isso durou 3 anos... quando eu achava q tava tudo as mil maravilhas... meu mundo desaba e pro inferno eu vou pela 1ª vez (by Renato Russo)...


Chorei como nunca havia chorado na minha vida... perdi o chão... eu não conseguia entender... Não conseguia mesmo...
Ela não tinha outro (a), a gente tava bem... claro q brigavamos, mas era coisa de casal... ciuminhos bobos e tal....
Minha auto estima foi parar no buraco... (pelo menos perdi bastante peso, não que eu precisasse... passei duas semanas só chorando e sem comer rs).
Nesse meio tempo entrei no chat. Sabe qndo tu não tem pretenção de nada? Pois é... lá tava eu...
Foi quando conheci a Carmen (TLW ~~).
Mulher bem diferente de mim... hétero... acho que era curiosa, e tava entrando no chat pela primeira vez. Esperei ela instalar o msn... tudo bem direitinho, sem nenhuma vontade de algo mais. Tava achando bonitinho, e como não tinha mesmo o que fazer, fiquei esperando...

Nos tornamos muito amigas, contei toda minha história e o quanto eu tava sofrendo e blá blá blá... Ela era queridinha e dava umas indiretas (se eu não fosse boba teria "pegado" ~~ )... mas tipo, falei que ela era fora do meu mundo né?!... Nunca gostei de mulher mais velha... e fútil muito menos... O pior de tudo era q eu acha tudo de bom ela contando das injeções de não sei o quê pra não sei o quê tbm (ahhh eu prestava atenção... mas não lembro de detalhes), me encantava aquele mundo que ela vivia e as coisas que ela dava importância...

O tempo passou... e a Amanda ressurgiu. Conversamos e meio que voltamos (ahhh, não falei que ela era de outra cidade né... pois ela era), não voltamos as vias de fato pq brigamos antes de nos ver.
Quando brigamos, nem pensei duas vezes entrei no chat e lá conheci a _ _ _ (queria um nome bem feio pra ela...)... a Josefina.

Me encantei direto, nem sei se era pq a guria era tudo isso ou só se eu queria desviar a atenção da Amanda... nos conhecemos e tal, começamos a namorar... e eu na minha doce ingenuidade, resolvi apresentar ela pra Carmen (ok... eu aprendi... hoje em dia não apresento mais ninguém).
Nisso eu e a Josefina terminamos. E adivinha só?! Carmen e Josefina ficaram pelas minhas costas. Detalhe sórdido... eu contava exatamente como tava me sentindo pra Carmen... nunca que eu ia imaginar... mas nunca mesmo (tudo bem, eu sei... quem manda ser otária)... Num dia contei que Josefina havia me procurado a noite e tal... nesse dia, depois de ter contado, a Carmen contou que as duas tavam juntas ou algo assim. E pro inferno eu fui pela 2ª vez (por isso q eu amo o Renato).
Dessa vez o que doía era me sentir trouxa, traída, não pela Josefina... mas pela mulher que eu considerava minha amiga... aquela que sabia tudo, de quem eu não escondia nada...

Sabe o q ela fez? Me excluiu do MSN (quanta consideração)... mas também, foda-se... minha auto estima já tava lá no "cú" do cachorro mesmo...
Acho que um mês depois ou nem isso eu já tava com a Amanda de novo (era ela que eu amava...)... tá bom ñ durou muito tempo, apenas 3 meses... mas foi bom... eu ainda gostava dela. Terminamos pela última vez.... nesse tempo todo, de vez em quando recebia uns e-mails da Carmen e tal, mas nem dava muita bola... Na verdade o que ela tinha feito era imperdoável (embora eu gostasse dela... na verdade sempre gostei... talvez não do jeito que ela desejasse... mas gostava)
Sei que numa noite a Josefinha me dá um monte de toque a cobrar (eu mereço né)... Ecoooooo, eu peguei um nojo dessa guria q vcs não tem noção... Ok, não sou santa... no outro dia mandei e-mail contando pra Carmen... ela, por sua vez, falou com a Josefina... que inverteu a história e teve a cara de pau de me mandar e-mail dizendo que eu havia ligado pra casa dela (detalhe que eu nunca tive o nº da casa dela) e jura, com o asco que eu tinha dela, ainda ia ligar... nem em pesadelo. Aí sim que eu fiquei "puta"... simplesmente peguei a máquina e tirei foto do meu cel mostrando a ligação dela, e mandei pra Carmen.

Seguimos o baile. Um dia pensei na Carmen... três dias depois entrei no meu e-mail antigo... e o que tinha lá? E-mail da própria... achei que era um sinal (sinal pra eu quebrar a cara de novo)... Respondi o e-mail, lá pelas tantas nos add de novo.
Ok, eu sou trouxa... mas acreditava q tds as pessoas mereciam uma 2ª chance.... E eu dei. Só que acho q me perdi... não sei se fiz isso só pra provar que eu podia, ou se foi pq eu gostava dela... sei que cantei ela, e ela acabou ficando comigo.
E eu achando tudo de bom... afinal, putz, sem noção... ela era um mulherão... aquelas de parar o transito... Tipo, ela era mulher, eu ficava só com guria... eu lá toda perdida rsrs e ela lá toda insegura comigo (muito dez...vai ver foi por isso que gamei).
O tempo passa, ela tem trocentos problemas... e eu lá sempre do lado, sempre aguentando firme todas as crises.... e ela nem se interessando pelos meus problemas, meu mundo desabando mas eu lá, só segurando as barras dela....

Sabe como é, as pessoas não mudam só pq tu quer... e elas não são boas só porque tu é boa pra elas... e não adianta tu te importar porque simplesmente elas não se importam.
Ela add a Josefina no orkut e isso pra mim foi uma afronta. Daí pra frente eu não era mais tudo de bom... porque caramba, eu sou mulher né... o que ela fez ñ tinha perdão, e eu perdoei... ela me esfregar o passado na cara era crueldade, mas tudo bem, o que eu ia fazer? (berrar, espernear... fiz tudo isso, e nada adiantou).

Passa mais um tempo e fico sabendo que ela tinha procurado a Josefina enquanto estava comigo, que tinha se humilhado pra ela (foda isso)... e eu lá tentando fazer meu melhor (bem feito, pateta)... Ela obviamente me convenceu que não havia feito isso... Que ela não cometeria o mesmo erro duas vezes e tal...
Sei q deu um tempinho e ela terminou. Agora ela tá de papinho com a outra lá, caramba, eu não sou ingênua né?!... sei onde isso vai terminar, se é que já não terminou....

Agora tu tá te perguntando, pq eu falei tudo isso?... Simplesmente porque eu tinha que tomar uma decisão... acho que escrever faz eu pensar melhor.
Minha decisão tá tomada... E é isso gurizada... nem sempre a vida é como esperamos..

3 comentários:

shay disse...

oie
ake
vamos juntar nossas historias e fazer um filme?
tnhu certeza q vamos ao oscar e ganhar melhor filme, atriz, coadjuvant, trilha sonora, iluminaçao, direçao tudoo faze uma rapaaaa huauhahuahuahua
mas eis a questao....

quem será a mocinha da historia????
uhahuauhauha
bju amada
amot

Lelê Maria disse...

culega, só tenho uma coisa a te dizer:


bem vinda ao clube das otárias -de-bom-coração-que-só-se-fodem-na-dos-outros!

passado o rito de entrada, vamos aos comes!

Anônimo disse...

Just want to say what a great blog you got here!
I've been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

Thumbs up, and keep it going!

Cheers
Christian, iwspo.net